domingo, 23 de novembro de 2008

Tokyo - odaiba e hotel capsula



de volta em Tokyo..

fomos para Odaiba, a ilha construída artificialmente, conhecida como ilha do futuro.

estação do monotrilho que nos leva até odaiba









lá, andamos de roda gigante :)





e visitamos o Museu Nacional de Ciências e Inovação Miraikan que, aliás, agora está com uma exposição sobre a Amazônia. é um museu muito bonito, inaugurado em 2001 e de graça aos sábados ;)









lá, assistimos a apresentação do Asimo, o robô humanóide desenvolvido pela Honda. aqui vai um trecho dele correndo, uma de suas habilidades mais características (pode correr até 6,5km/h):



depois, almoçamos no Mac (a comida barata de Tokyo) do Aqua City Odaiba, o principal shopping de Odaiba. dalí fomos em direção a casa dos meus tios, que vivem em Ebina, próximo a Yokohama, há uma hora e meia de Tokyo.

esse é o meu tio, irmão da minha mãe, e a esposa dele. ele nasceu no Brasil e mora no Japão há uns 15 anos, ela nasceu no Peru e está no Japão há cinco. os dois são dekasseguis.




...

os dekaseguis

a palavra DEKASSEGUI vem de deru ( 出る), que significa sair, e kassegu (稼ぐ), para trabalho, para ganhar dinheiro trabalhando. os dekasseguis são as pessoas que se mudam para um lugar longe por causa do trabalho. assim são chamados os estrangeiros que vêm ao Japão para trabalhar e os próprios japoneses que saem do interior para trabalhar na cidade grande.

...

os dekasseguis brasileiros

a partir dos anos 80, com a ascenção da economia japonesa, ocorreu uma inversão no fluxo migratório no Brasil (até então, os japoneses é que vinham para o "país do futuro").

hoje, existem cerca de 300 mil dekasseguis brasileiros no Japão. grande parte, com terceiro grau completo, está no Japão pela dificuldade em encontrar um bom emprego no Brasil. em geral, não trabalham em suas áreas, conseguem empregos que, antes, não pensariam em ter (chão de fábrica, pedreiro, faxineiro, garçon...) e sofrem preconceito social. apesar disso, recebem mais do que muito empresário brasileiro (o salário mínimo daqui é 2.000 dólares) e têm um bom padrão de vida (carro, casa própria e as coisas que 2 000 dolares mensais permitem fazer), sem contar as vantagens de morar num país de primeiro mundo (segurança, lazer, transporte...).

na minha família, tenho 9 tios e tias, dos quais 5 estão trabalhando no Japão, sendo que 2 dos 4 que estão no Brasil chegaram aí há duas semanas.

dando uma estudada nessas coisas, achei esse parágrafo do Wikipedia, que é muito verdade

"Os nipo-brasileiros se sentem (e, muitas vezes, são vistos) como japoneses no Brasil. Todavia, quando imigram para o Japão, muitos percebem que são totalmente brasileiros. Surge então um forte sentimento de 'identidade brasileira' na comunidade que se organiza para celebrar sua herança cultural brasileira, promovendo festas de carnavais ao som de samba e consumindo comida típica do Brasil. Os nipo-brasileiros fazem questão de exibir sua origem brasileira em terra japonesa."

e cá to eu sambando, fazendo chimarrão, ouvindo MPB e samba no meu ape.. hshshs

para atender os desejos e as necessidades desse povo, existe todo um mercado de jornais, revistas, sites, catálos e lojas de produtos brasileiros. tem muita coisa mesmo. é impressionante (mas ainda não em Yamaguchi :P). um exemplo de jornal é o Tudo Bem Mag, um jornal feito para os brasileiros que vivem no Japão. quase o inverso da Made in Japan, uma revista que tem notícias sobre o Japão e é distribuída no Brasil.

...

voltando à historinha.

visitamos meu tio, onde comi frango assado e uma pizza gostosa pela primeira vez no Japão :) matamos as saudades, já que é difícil encontrar eles, entreguei dois kilos de feijão que minha outra tia mandou do Brasil, e depois voltamos para Tokyo, onde tínhamos feito reserva num hotel capsula.



nossa capsula de casal, custou 50. sim, existem capsulas para duas pessoas, mas para quem vai pensando em fazer um programa romântico num hotel capsula, bom ir tirando o cavalinho da chuva. hehe. o hotel capsula é tipo um alojamento. as capsulas ficam umas dos lados das outras, e nessas maiores, de casal, as pessoas levam os filhos e fica uma zona. sem contar que as capsulas são fechadas por uma cortininha que pode ser aberta por fora a qualquer momento, o que tira toda a privacidade da pessoa.

lá dentro, funciona assim: como as malas ocupariam muito espaço nas capsulas, elas ficam num armário no primeiro andar. nesse armário tem um pijaminha, toalha e um chinelo. vc veste o pijaminha, deixa tudo no armário e vai para cápsula só com o pijama. aí fica todo mundo circulando com aquele mesmo pijama folgado. parece que a gente tá num manicômio. hehe

ali dentro encontramos um dibouhanbaiki de cuecas, meias e pijamas.



o local para banho é separado, mas o banheiro masculino e feminino é o mesmo:



e uma capsula é assim:



o hotel ficava meio isolado dos bairros mais badalados e como os trens param de circular perto da meia-noite, fomos dar uma volta a pé ali por perto. bom passeio. nosso roteiro consistia em andar de loja de conveniência, comprar uma bebida e ir até a próxima. e assim fomos durante uma hora.. só de ida (esquecendo da volta. hshsh)





mas é. de novo tenho um post gigante.

as historinhas de domingo e segunda ficam para o próximo ;)

7 comentários:

Marco disse...

aquela manha em odaiba foi muito bom. mto bonito aquele parque com as flores e os predios
bjo bjo

Louise disse...

ahan. e a dormidinha na grama.. que beleza

;D

Alan ChooWL disse...

Hi Louise
Thanks for visiting my blog. Hui Ling wanted to say "Hi" to you.
Sound similar? She is sitting beside me in the office right now.
Btw, how do you post your photo on the blog? I wonder why those photos appear so big in my blog. Can you help me?
Cheers
P.S.I have came back from Japan Dec 2007.

marianesenna disse...

Não acredito que tu foi no hotel cápsula! : p

Só vcs para se puxarem e ficar em algo tão pequeno..hehehehe

Show, adorei este post!

Beijos

Dark disse...

Que demais! Eu sou louca para ir pro Japão! *__* Quem sabe um dia!

Ameeei as fotos!


Beeeijos ;**

Carlota Joaquina disse...

Adorei o blog e gostaria muito de i Japão, porém vocês poderiam colocar mais informações como preços e localização...

Louise Kanefuku disse...

Obrigada, Dark :)

E Carlota, falhei em não detalhar mais sobre preços e localização.. hehe. Infelizmente não estou mais no Japão, então não vou poder passar esses dados..